HOME > SEITAS E HERESIAS > MORMONISMO 

O Livro de Mórmon - obra de Deus ou de homem?

de alt.religion.mormon: 
Tradução: Emerson de Oliveira


Um mórmon escreveu: 
>> >Estou curioso. Este livro (que o Livro de Mórmon não é o que alega ser) é espiritual ou intelectual? Se for intelectual, gostaria de saber como você lida com alguns aspectos do Livro de Mórmon que não são facilmente atribuídos a uma teoria "inventada" como, por exemplo, o estilo literário. 

Um ex-mórmon respondeu: 
Esta pergunta não foi dirigida para mim, mas poderia ter sido já que eu, também, deixei a igreja depois de verificar seus sérios problemas. 

Estilo literário? Isso é um dos problemas, J. Ficou muito evidente para mim ao estudar o LM que ele era natural, redundante e muito incompatível com o comportamento humano em geral ao ser comparado com o resto da história humana. 

B. H. Roberts, uma Autoridade Geral SUD e historiador da igreja, depois de um exame sério do estilo literário do Livro de Mórmon, concluiu: 

"Em primeiro lugar há uma certa falta de perspectiva nas coisas que o livro trata como história que aponta muito claramente a uma mente pouco desenvolvida como sua origem. A narrativa carece de elementos que a tornem verossímil e parece como se fosse um conto inventado por uma criança, com muita inconsistência". 

e

"...há uma forte indicação que o livro foi criado por uma mente". 

e muitas outras afirmações que foram ditas por um respeitado historiador mórmon, dizendo que o LM tem um estilo literário fraco, fruto de uma mente infantil na Nova Inglaterra do séc. XIX. Tudo isso está no livro A Book of Mormon Study, de B. H. Roberts. 

Os defensores SUD logo vão dizer que Roberts realmente disse tudo isso do LM em seu livro, mas ele nunca deixou a igreja e permaneceu nela. PORÉM, se eles forem realmente sérios para entender o Livro de Mórmon, incluindo estas coisas que Roberts descobriu, eles se beneficiariam muito de examinar a obra de Roberts em vez de confiarem nas desculpas dos SUD para explicar as fortes afirmações de Roberts. 

Sugiro que se leia Studies of the Book of Mormon, Signature Books, que contém uma série de manuscritos que Roberts produziu mas não publicou, além de outros materiais.  Os originais estão na Biblioteca de Marriot, U de Utah. 

É de minha opinião pessoal que nenhum leitor sensato que examinar estes manuscritos depois vá pensar que Roberts continuou acreditando que Joseph Smith
foi um profeta ou que o Livro de Mórmon foi uma coleção de escritos antigos traduzidos de placas dadas a Joseph por um anjo. 

Isto não é um argumento de autoridade, já que ninguém pode examinar o Livro de Mórmon pessoalmente, mas ajuda ter uma direção profissional em que tipos de coisas procurar. Muitos irão perceber coisas estranhas no Livro de Mórmon quando lerem coisas como "adieu" (Jacó 7:27) e "arco de aço", "cureloms e cumoms" (Éter 9:19) e todos aqueles nomes com Z, mas tudo isso é só a ponta do iceberg. 

Outro livro útil é uma coleção de ensaios chamados New Approaches to the Book of Mormon, escritos por estudiosos SUD. As autoridades irão desaconselhar os mórmons de lerem este tipo de livro, convidando-os ao invés, lerem material de refutação contra os críticos da FARMS. Mas você confiaria numa defesa que defenderia dois lados num mesmo julgamento, quando de tudo isso depende sua vida pessoal? Alguns sim, porque eles foram condicionados a confiar em suas autoridades, mas isto é um raciocínio circular que só funciona com quem se acomodou em deixar que seus líderes pensem por eles.  

Encontrei pessoalmente vários estudiosos SUD que estiveram tão envolvidos dessa forma na sociedade SUD que eles não podiam expressar suas opiniões internas sem destruir suas vidas, de sua família, amigos, posição social, emprego. Também conheci alguns que expressaram suas opiniões e perderam a fé totalmente.  

A religião é sobre o amor mas no mormonismo só há ódio e ressentimento quando as pessoas não concordam com o que eles acreditam. Parece que é uma sociedade política com uma máscara de religião. 


VOLTA