HOME > SEITAS E HERESIAS > TESTEMUNHAS DE JEOVÁ 

Entrevista do Dr. Walter Martin com o dr. Julius R. Mantey sobre a TNM e Jo.1.1

Fonte:
Christian Research Institute
Tradução: Emerson de Oliveira


Dr. Julius R. Mantey foi o primeiro grande estudioso que estudou grego por mais de 65 anos. Ele é bem conhecido por ter co-escrito A Manual Grammar of the Greek New Testament,  com o dr. H.E. Dana. Seu livro é muito citado (às vezes fora do contexto) pelas publicações TJ.A entrevista seguinte foi com o dr. Martin e o dr. Mantey sobre a Tradução do Novo Mundo das Testemunhas de Jeová. 

DR. MARTIN: Em Jo. 1:1, a Tradução do Novo Mundo (TNM) diz que "a Palavra era um deus" referindo-se a Jesus Cristo. Como você responderia a isso? 

DR. MANTEY: As Testemunhas de Jeová (TJ) se esquecem que a ordem da oração indica - que o "Logos" têm a mesma substância, natureza, ou essência que o Pai. Para dizer que Jesus era só "um deus", as TJ teriam que usar uma construção diferente no grego. 

DR. MARTIN: Há certo tempo você teve uma discussão com o pessoal da Torre de Vigia sobre isto e lhes escreveu uma carta. Qual foi a resposta deles a sua carta? 

DR. MANTEY: Bem, eu estava indignado porque eles tinham me citado errado em defesa de sua tradução. Eu chamei sua atenção ao fato que todo o Novo Testamento estava contra sua idéia. No Novo Testamento, Jesus é sempre glorificado e engrandecido - mas elas O estavam denegrindo, transformando-o num deus pagão. 

DR. MARTIN: Qual foi a resposta delas ao que você disse? 

DR. MANTEY: Elas disseram que eu poderia ter minha opinião e elas teriam a delas. O que eu escrevi não lhes fez mudar nem um pouco. 

DR. MARTIN: Eu não sei se você sabe, mas não há nenhum estudioso grego na Watchtower Bible and Tract Society. Eu fiz tudo que pude para descobrir os nomes do comitê de tradução da TNM, e a Torre de Vigia não me ajudou. Finalmente, uma ex-TJ que conheceu os membros do comitê pessoalmente me falou quem eles eram - os homens do comitê não sabiam ler o grego do Novo Testamento, nem o hebraico; eles não tinham nenhum conhecimento de teologia sistemática - exceto o que eles tinham aprendido da Torre de Vigia. Só um deles tinha feito faculdade, saindo depois de um ano. Ele estudou muito rápido as línguas bíblicas enquanto estava lá.  

DR. MANTEY: Ele nasceu na Grécia, não? 

DR. MARTIN: Sim, ele lia o grego moderno, e eu o conheci quando eu visitei a Torre de Vigia. Eu lhe pedi que lesse Jo. 1:1 no grego e então disse "como você traduziria isto?" Ele disse: "Bem, 'a palavra era um deus'". Eu disse: "qual é o assunto da oração?" Ele me olhou. Eu perguntei de novo: "qual é o assunto da oração?" Ele não sabia. Esta foi a única pessoa na Torre de Vigia capaz de ler grego e não sabia o assunto da oração em Jo. 1:1. E estes foram as pessoas que escreveram a você dizendo que a opinião deles era tão boa quanto a sua. 

DR. MANTEY: Certo. 

DR. MARTIN: Muitas vezes vemos publicações das TJ que citam os estudiosos. Eles os citam no contexto? 

DR. MANTEY: Não. Eles usam esta tática para enganar as pessoas para que elas pensem que os estudiosos concordam com as TJ. Dentre todos os professores de grego, gramáticos, e comentaristas que eles citaram, só um (um unitário) concordou que "a palavra era um deus". 

DR. MARTIN: Você foi citado como dizendo que os tradutores do TNM são "enganadores diabólicos". 

DR. MANTEY: Sim. A tradução é enganosa, e eu acredito que é uma coisa terrível para uma pessoa ser enganada e ser eternamente perdida porque alguém a enganou, torcendo as Escrituras! 

DR. MARTIN: O que você diria a uma TJ que estivesse procurando a verdade? 

DR. MANTEY: Eu lhe aconselharia que adquirisse uma tradução diferente da TNM, porque 99% dos estudiosos do mundo que falam o grego e que ajudaram a traduzir a Bíblia discordam das TJ. As pessoas que estão procurando a verdade devem saber o que a maioria dos estudiosos realmente acredita. Elas não deveriam deixar ser enganadas pelas TJ e acabar no Inferno. 


VOLTA