HOME > CULTOS/RELIGIÕES > CRISTIANISMO > BÍBLIA 

Um estudo sobre alguns códices antigos

Vaticano(325-350 d.C.)

Sinaítico (340-350 d.C.)

Ephraemi Rescriptus (400-500 d.C.)

Alexandrino (450-500 d.C.)

Bezae Cantabrigiensis (450-550 d.C.)

Claromontanus (sexto século)


O tipo mais antigo de manuscrito na forma de um livro moderno (i.e., uma coleção de páginas escritas colocadas junto de um lado), o códice substituiu os rolos de papiro e tabletes de cera. O códice teve várias vantagens em cima do rolo, ou rolo de papel. Podia ser aberto a qualquer ponto no texto, permitiu escrever em ambos os lados da folha e conter textos longos. A diferença pode ser ilustrada com cópias da Bíblia. Enquanto o Evangelho de Mateus precisava de todo um rolo, um códice comum incluindo os quatro Evangelhos e o Livro de Atos e Bíblias completas não eram incomuns.

Embora os tabletes de papel dobrados usados pelos gregos e romanos podem ter tido a forma de códice, seu desenvolvimento foi sujeito a mudanças—i.e culturais e tecnológicas, pela ascensão do cristianismo, com sua demanda para mais e maiores livros, e a disponibilidade do primeiro pergaminho de papel. O códice grego mais antigo existente, datado do 4º século, é o Códice Vaticano, um manuscrito bíblico escrito em grego. Também importante é o Códice Alexandrino, um texto grego da Bíblia que provavelmente foi produzido no 5º século e foi preservado na Biblioteca britânica, Londres. O termo códice áureo descreve um volume com letras de ouro escritas em folhas com uma tintura purpúrea chamada murex. Exemplos existentes do códice áureo datam dos 8º e 9º séculos.

Q: O que sabemos sobre o manuscrito Vaticano?

A: Vaticano (325-350 d.C.) é o mais antigo membro existente da família Alexandrina de manuscritos. É abreviado como "B" ou chamado uncial 03.
O que foi preservado: Vaticano preservou só os versos 46:29-50:26 em Gênesis, e o resto do VT com exceção de 2 Reis 2:5-7 e 1-13, e Salmo 105:27-137:6. A seção perdida em Salmos foi somada no 15º século.
Alguns livros apócrifos estão no Vaticano, como está na maioria das Bíblias gregas. O Vaticano não contém 1-4 Macabeus e a Oração de Manassés.
O NT está preservado até Hebreus 9:15. Depois algumas folhas estão perdidas. Não tem 1 e 2 Timóteo, Tito, Filemôn, e Apocalipse. Referências de Aland do livro de Tiago no Vaticano e o New International Greek Testament Commentary on James na p.60, diz que o Vaticano contém o livro completo de Tiago.
Aparência física: Foi escrito com tinta marrom em caro velino, com cada folha tendo 27-28 cm comprimento. Havia três colunas por página e 40-44 linhas por coluna. Hoje está na Cidade do Vaticano no meio de Roma
Os copistas e revisores: Um copista escreveu o VT e outro escreveu o NT. Havia dois revisores. Um corrigiu o manuscrito em  350 d.C. depois que foi escrito. O outro revisor viveu no décimo ou décimo primeiro século.
Identidade do Vaticano: Geralmente segue os outros manuscritos da família Alexandrina. Não tem Jo. 7:53-8:11, Lc. 22:43-44, e Lc. 23:34. O Sinaítico tem um espaço em branco para o fim mais longo de Marcos. O Vaticano contém Romanos (menos 16:24) na mesma ordem como as Bíblias atuais.
Jo. 16:28 "de/pelo Pai" está no Vaticano. Muitos outros manuscritos têm "veio diante do Pai" e inclui p5 (200-250 d.C.), p22, Sinaítico, Alexandrino, Ephraemi Rescriptus, Lecionário bizantino, Diatessaron (c.170 A.D). Veja The Origin of the Bible p.181, A General Introduction to the Bible p.391-392, e Manuscripts of the Greek Bible p.74-75 para mais informações.
Q: O que sabemos sobre o manuscrito Sinaítico?
A: Sinaítico (340-350 d.C.) é o segundo membro existente mais antigo da família Alexandrina. É abreviado como "Aleph" ou é chamado uncial 01.
O que foi preservado: Preservou a metade da Septuaginta do VT. Especificamente, tem Gn. 23:19-24:46 (com falhas); Números 5:26-7:20 (com falhas), 1 Cr. 9:27-19:17, Esdras-Neemias como um livro de Esdras 9:6 em, Ester, Isaías, Jeremias e Lamentações para 2:22, Joel a Malaquias, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, Cântico dos Cânticos e Jó.
Os apócrifos estão no Sinaítico: especificamente Tobias, Judite, 1 e 4 Macabeus, Sabedoria, e Eclesiástico.
O Novo Testamento está todo preservado, mas os copistas não incluíram Jo. 7:53-8:11, e um espaço em branco em Mc. 16:9-20. O Sinaítico contêm Romanos (menos 16:24) na mesma ordem como as Bíblias atuais.
Dois outros livros estão em Sinaítico: a Epístola de Barnabé e parte do Pastor de Hermas.
Aparência física: originalmente tinha pelo menos 730 folhas. Hoje nós temos 390 folhas mais fragmentos de 3 mais folhas (uma folha tem duas páginas.) Há quatro colunas por página e 48 linhas por coluna. É escrito em velino caro. Não havia nenhum espaço entre palavras e quase nenhuma pontuação. São mostradas velhas citações de Testamento como citações. Hoje está em Londres, Inglaterra. Para mais informações e uma fotografia, veja Manuscritos da Bíblia Grega, p.76-79.
Os copistas e revisores: Três copistas trabalharam no Sinaítico. O copista A, que copiou a maioria dos livros históricos e poéticos do Velho Testamento, quase todo o Novo Testamento, e a Epístola de Barnabé, foi um copista melhor que B, mas não quase tão bom quanto D. B copiou os profetas e o Pastor de Hermas, e foi um copista ruim. D teve uma ortografia quase perfeita. Ele copiou Tobias e Judite, o primeiro a metade de 4 Macabeus, e o primeiro em 2/3 de Salmos. Ele aparentemente copiou 6 páginas do Novo Testamento .
Identidade do Sinaítico: Há o seguinte número de lugares com diferenças entre o Sinaítico e o Textus Receptus nos evangelhos, segundo Herman Hoskier: Mt. 656+, Mc. 567+, Lc. 791+, Jo. 1022+, para um total de 3036+ lugares de diferenças nos evangelhos,. Como o Vaticano tem um espaço em branco no fim mais longo do evangelho de Marcos. Assim, eles tinham um fim mais longo, mas escolheram não copiá-lo. Segundo D.A. Waite, 8972 palavras foram afetadas no Evangelho contra o Textus Receptus. foram omitidas 3,455 palavras, foram somados 839, foram substituídos 1114, foram transpostos 2299, e foram modificados 1265. Tem mais mudanças que Vaticano. Claro que, Waite não pode provar qualquer palavra foi somada ou foi omitida, só que eles foram incluídos ou ausente.
Lc. 11:23 " me" difunde está no Sinaítico boairico cóptico original e Ephraemi Rescriptus. Todos os outros manuscritos principais têm "difunde"
Jo. 1:34 O "escolhido" está em p5 (200-240 d.C.), Sinaítico original, Saídico outros manuscritos cópticos. O "filho" está no Sinaítico corrigido, Alexandrino, Vaticano, Cantabrigiensis, o lecionário bizantino, boairico cóptico, armênio, Orígenes, Crisóstomo. Veja Uma Introdução Geral para a Bíblia p.392-394 para mais info.
Q: O que sabemos do manuscrito Ephraemi  Rescriptus?
A: Ephraemi Rescriptus (400-500 d.C.) não é considerado nem antigo nem recente. É abreviado  como "C" ou então é chamado uncial 04.
O que foi preservado: Preservou Tiago 1:1-4:2 e os Evangelhos, Atos, as epístolas e Apocalipse. O Ephraemi Rescriptus contém todo Romanos (menos 16:24) na mesma ordem como as Bíblias atuais.
Q: O que sabemos sobre o manuscrito Alexandrino?
A: Alexandrino (450 d.C.) é abreviado como "A" ou chamado uncial 02.
O que foi preservado: Preservou tudo de Gênesis com exceção de Gênesis 14:14-17; 15:1-5, 16-19; 16:6-9, que foram mutilados. Os Doze Profetas Menores estão antes de Isaías. Contém o resto do VT com exceção de 1 Samuel 12:17-14:9 e Salmos 49:20-79:11.
Os livros apócrifos no Alexandrino são 3 e 4 Macabeus.
No NT, o Alexandrino contém Mateus 25:7 aé o fim, Marcos, Lucas, João, Atos, e as epístolas de Paulo. João 6:50-8:52 e 2 Coríntios 4:13-12:6 estão faltando. Alexandrino contém tudo de Romanos (menos 16:24) na ordem de 1:1-14:23; 16:25-27; 15:1-16:23; 16:25-27 (Wycliffe Exegetical Commentary: Rm.  1-8 p.6) contém 16:25-27 duas vezes. Contém tudo de Tiago.
 Outros livros foram escritos no fim do manuscrito: os Salmos de Salomão, e 1 e 2 Clemente, com algumas partes perdidas.
Aparência física: As folhas medem 32.1 cm por 26.4 cm. Foram escritas em velino caro com tinta marrom. Há duas colunas por página, e 46-52 linhas por coluna. Não há nenhum espaço entre as palavras, e tem citações do VT. Está atualmente em Londres, REINO UNIDO.
Os copistas e revisores: Dois a cinco copistas escreveram este manuscrito, e houve numerosas correções pelo copista que originalmente escreveu as palavras e outras mãos. A versão corrigida é bem parecida ao Textus Receptus.
Identidade do Alexandrino: Alguns diriam que se parece como um manuscrito Alexandrino com influência bizantina. Outros diriam que representa uma terceira família, a família Ocidental, que é uma combinação do Alexandrino e textos bizantinos. Não tem Lucas 22:43s, e Jo. 7:53-8:11.
2 Tim 2:22: Alexandrino tem "amoroso" enquanto outros manuscritos têm "chamando"
Fl. 12: Alexandrino e Sinaítico corrigido estão só dizendo "quem eu mandei de volta para vós" outros manuscritos dizem "quem mandei de volta a vós" ou semelhante.
Fl. 25: Alexandrino não tem "amém" no fim. Sinaítico, o lecionário bizantino, e p87 c.125 d.C. tem "amém" no fim. Veja A General Introduction to the Bible p.394-395 e Manuscripts of the Greek Bible p.86 (fot. p.87) para mais informação.
Q: O que sabemos do Bezae Cantabrigiensis (também chamado Códice Bezae)?
A: Este é o manuscrito bilíngüe mais antigo conhecido, com grego na página esquerda e latim à direita. O Bezae Cantabrigiensis era um texto ocidental copiado em c.450-550 d.C.. É abreviado como "D" ou é chamado uncial 05.
O que foi preservado: Preservou a maioria dos quatro Evangelhos, partes de Atos. 3. Jo. 11-15 só é preservado em latim. Em grego, perdeu Mt. 1:1-20; 6:20-9:2; 27:2-12; Jo. 1:16-3:26; At. 8:29-10:14; 21:2-10; 15-18; 22:10-20; 22:29-28:31. Em latim perdeu Mt. 1:1-11; 6:8-8:27; 26:65-27:1; 1Jo. 1:1-3:16; At. 8:20-10:4; 20:31-21:2; 21:7-10; 22:2-10; 22:20-28:31
Aparência física: Há 510 folhas que medem 25.8 a 26.7 cm por 17 a 22.9 cm. (mais outros manuscritos são mais uniformes em dimensões.) Foi escrito em velino caro com tinta marrom. Há uma coluna por página, e 33 linhas por coluna. Não há nenhum espaço entre as palavras, e tem citações do VT. Está atualmente em Londres, REINO UNIDO.
Os copistas e revisores: Houve nove revisores que viveram dos séculos VI ao XII.
Identidade do Bezae Cantabrigiensis: Tem o fim mais longo de Marcos. Metzger diz,  "textualmente, nenhum manuscrito do NT conhecido contém tantas leituras distintivas, principalmente a adição livre (e omissão ocasional) de palavras, orações, e até mesmo incidentes", em Manuscripts of the Greek Bible, p.89.
Omissões: 86 palavras mostradas abaixo só estão ausentes no Bezae Cantabrigiensis.
Mt 5:32 "e quem repudiar/casa comete adultério" está ausente como em muitos manuscritos Itálicos e também Agostiniano. (6 palavras)
Mt 9:34 está ausente no Bezae Cantabrigiensis e o Diatessaron (12 palavras)
Mc. 3:18 "Labeu". "Tadeus" na maioria dos outros manuscritos
Lc. 12:21 ausente "assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus" (9 palavras)
Lk 22:17-20 faltam partes de 19b-20 (38 palavras)
Lk 24:12 está ausente. (21 palavras)
Atos 1:26 em vez de "doze apóstolos" ele e Eusebius têm "onze apóstolos". "doze apóstolos"
Atos 19:9 têm "Tirano de manhã de 11:00 para 4:00 pela tarde" em vez de "de Tirano". "um certo Tirano" (6 palavras mais)
Adições:
Atos 12:27 "sendo comido por vermes". Uma adição só no Siríaco, no Bezae Cantabrigiensis e Itálico.
Atos 13:43 Bezae Cantabrigiensis, Itálico, e alguns Siríacos somam 11 palavras depois de "Deus". (O egípcio cóptico soma 8 palavras depois de Deus.)
Atos 15:2 "pareceu subir Paulo e Barnabé e outros de entre eles" vs. uma frase com 10 palavras com uma frase de 24 palavras  (6 palavras em comum) (Também Itálico, algum Siríaco, egípcio cóptico) (não contado nos totais)
Atos 15:12 Substituíram uma frase de 10 palavras por uma 25 palavras (2 palavras em comum) (Só em Bezae Cantabrigiensis, Itálico, algum Siráico, egípcio cóptico)
Atos 15:41 somaram 5 palavras
Atos 16:39 substituíram uma frase de 10 palavras com uma frase de 36 (3 palavras em comum)
Atos 16:35 (substituiu uma frase de 3 palavras por uma de 18 (2 palavras em comum)
Atos 16:35 somaram 3 palavras.
Atos 19:1 substituíram uma frase de 27 palavras por uma frase de 17. Isto também está em p38 (aproximadamente 300 d.C.) como também algum Siríaco.
Além de Bezae Cantabrigiensis, estes estão em algum Syríaco (5º século).
Veja A General Introduction to the Bible p.395-396 e Manuscripts of the Greek Bible p.88-89
(fot. p.90-91) para mais informação.
Q: O que sabemos sobre o Códice Claromontanus?
A: Este manuscrito foi escrito no sexto século e é o complemento de Bezae Cantabrigiensis.
O que foi preservado: Contém muito do que está perdido em Bezae Cantabrigiensis. Contém tudo das cartas de Paulo e Hebreus, com exceção do seguinte. Romanos 1:1-7, 27-30 e 1 coríntios 14:13-22 estão perdidos em grego, e 1 coríntios 14:8-18 e Hebreus 13:21-23 estão perdidos em latim. O grego está bom, mas a tradução latina não é muito boa.
Aparência física: Há 533 páginas que medem 7 X 9 polegadas (18 por 23 cm). É escrito numa única coluna em velino. Veja A General Introduction to the Bible p.396 para mais info.
 

Fonte: catholicapologetics.net
Tradução: Emerson de Oliveira

VOLTA