HOME > SEITAS E HERESIAS > ESPIRITISMO

História do espiritismo moderno

Fonte: http://www.textosdareforma.net.

Considera-se que o espiritismo moderno tem como fundadoras as senhoritas Margaret e Kate Fox, as "irmãs Fox". Elas nasceram em Hydesville, estado de Nova Iorque nos Estados Unidos da América do Norte. Tornaram-se médiuns através de contatos com um espírito em sua casa em Hydesville e mais tarde tornaram-se as médiuns mais famosas do mundo. As irmãs Fox espalharam sua mensagem espírita por 30 anos, tendo mais sucesso nos E.U.A. e na Inglaterra.

As primeiras manifestações fenomenológicas dos dias atuais começaram em 1847 e no Congresso Internacional do Espiritismo realizado em Paris, em 1925, foi aprovada por unanimidade a proposta de erigir um monumento comemorativo dessas primeiras manifestações.

“Em 1847, numa pequena localidade dos Estados Unidos, Hydesville, situada nas proximidades de Nova Iorque, duas meninas acordaram sobressaltadas com fenomenais pancadas nas paredes e móveis do seu quarto. Com elas, que eram irmãs, acordaram os demais membros da família dos Fox que, intrigados, procuraram os autores das pancadas. Mas, pressupondo a origem sobrenatural dos ruídos, o velho Fox logo imaginou um alfabeto para se comunicar com as entidades invisíveis baseando-se nos...(batidas)..., letra tal, e realmente entrou em contato com os batedores. Disseram-lhe estes que outra coisa não eram senão homens despojados dos seus corpos físicos, ou “mortos”, ou Espíritos e que ali estavam porque as meninas Fox eram médiuns, capazes de lhes servir de instrumentos ou intermediárias; dispondo de certa força podiam ajudá-los a se manifestar, e eles se manifestavam para contar uma história muito antiga que inclusive envolvia um assassínio. Verificada a revelação dos Espíritos, achou-se verdadeira, com o que se patenteou à comunicação dos habitantes do Além. Viu-se depois que, dada à existência de médiuns ou criaturas dotadas como as meninas Fox, era possível provocar fenômenos idênticos e parecidos expandindo-se rapidamente a doutrina que vinha de muito longe, mas somente então começava a se sistematizar." (“O Livro dos Espíritos” pag. 28).

Segundo o Teólogo Prof. Donald K. Keller, as irmãs Fox rejeitaram o espiritismo após 30 anos de prática, tornaram-se alcoólatras e morreram. Como o Rev. Donald não revelou sua fonte, eu perguntei pessoalmente a um médium se isso é fato e ele confirmou dizendo que elas no final de suas vidas diziam que as comunicações com os mortos eram puro misticismo.

No espiritismo Inglês, Conan Doyle é a figura mais importante. Conan Doyle é conhecido mundialmente como escritor dos livros policiais “Sherlock Homes”, mas também promoveu o espiritismo em seus escritos. Conan Doyle foi o primeiro presidente da Federação Espírita Internacional e liderou o movimento espírita tanto em seu país, Inglaterra, como em todo o mundo.

Na França e no Brasil a liderança veio através de Allan Kardec [Hypólito Leon Denizard du Rivail].      O quarto líder do espiritismo moderno foi o Francês Hypólito Leon Denizard du Rivail, mas este tomou o nome de um poeta celta falecido: “Allan Kardec”. Um dos livros seus principais livros é “O Evangelho Segundo o Espiritismo”, no qual ele sistematizou a doutrina espírita.

Uma grande diferença entre o espiritismo Inglês (Conan Doyle) e Francês (Allan Kardec) é a rejeição da reencarnação pelos espíritas Ingleses.

O Espiritismo no Brasil sofre maior influência de Allan Kardec. Em outras palavras, o Espiritirmo brasileiro segue a escola francesa, e não a inglesa.


Fatos Importantes na Vida de Allan Kardec

1804 - Nasce em 3 de outubro na cidade de Lião, às 19:00 horas.
1820 - Em Yverdun (Suíça) foi aluno do famoso mestre Pestallozzi, a quem substituía, às vezes, na direção da escola.
1822 - Tornou-se mestre, bacharelando-se em Letras e Ciências; doutorou-se em Medicina, lingüística e falava corretamente o Alemão, o Inglês, o Italiano, o Espanhol e o Holandês.
1824 - Fundou em Paris, na Rua Sevres, n. º 35, uma escola idêntica a de Pestallozzi, em sociedade com um tio.
1828 - Começou a publicação de obras didáticas que iriam até 1848.
1829 - Publicou o Curso Prático e Teórico de Aritmética, de acordo com o método Pestallozzi.
1830 - Publicou a Gramática Francesa Clássica.
1832 - Em Paris, casou-se com a senhorita Amelie Gabrielle Boudet (23/11/1795), nove anos mais velha que ele.
1835 - Seu tio e sócio o leva a ruína; com a liquidação da sua escola, aplicou o dinheiro que lhe coubera em partilha (45.000 francos) com um amigo íntimo, negociante, que também faliu e nada deixou aos credores. Trabalhou então, como contador de três empresas; fez traduções; organizou cursos gratuitos; ministrou aulas até 1840.
1846 - Elaborou o Manual dos Exames para Obtenção dos Diplomas de Capacidade.
1848 - Elaborou o Catecismo Gramatical da Língua Francesa.
1849 - Foi professor do Liceu Polimático, lecionando Fisiologia, Astronomia, Química e Física. Publicada várias obras adotadas pela Universidade da França.
1854 - Dedicou-se aos estudos de magnetismo, até 1855, quando se firma publicamente sua posição de positivista.
1855 - No dia 25 de março, com a comunicação do Espírito Verdade, lhe é transmitido seu pseudônimo “Allan Kardec”.
1857 - Editou ‘O Livro dos Espíritos” a 18 de abril.
1858 - Reedição do “O Livro dos Espíritos”, aparecimento do 1. º número da “Revista Espírita” a 1. º de janeiro e fundação da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas a 1. º de abril.
1859 - Publica “O que é o Espiritismo?”.
1860 - Confirmação do Espírito Verdade como guia de Allan Kardec. Reeleito presidente da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas. Viagem de propaganda à região de Lião, visitando Sens, Macon e Lião.
1861 - Nova viagem a Sens, Macon e Lião. Em Barcelona, a 9 de outubro em um ato de fé (inquisição) um bispo queima mais de 300 obras espíritas, a maioria de Allan Kardec. Edição de “O Livro dos Médiuns” na primeira quinzena de janeiro.
1862 - Publica o histórico do Espiritismo: “O Espiritismo em sua mais simples expressão” e “Refutação de Críticas contra o Espiritismo”. Em setembro e outubro, viagem de propaganda do Espiritismo a Lião e Bordéus.
1864 - Sai, em abril, “O Evangelho Segundo o Espiritismo”. Viagem à Bélgica (Antuérpia e Bruxelas).
1865 - Editou nova obra em 1. º de agosto: “O Céu e o Inferno” ou “A Justiça Divina Segundo o Espiritismo”.
1867 - Curta viagem a Bordéus, Tours e Orléans.
1868 - Publica “A Gênese” - Os milagres e as Predições Segundo o Espiritismo, em janeiro. Reestruturação da Sociedade Espírita.
1869 - Falece em Paris, na rua Santana, n. º 25 (Galeria Santana, n. º 59) aos 65 anos de idade, vítima de aneurisma cerebral, no dia 31 de março. Finalmente, Obras Póstumas publicadas depois da sua morte.
1883 - Aos 21 de janeiro, faleceu sua esposa, com 89 anos, sem deixar herdeiros diretos.


O Espiritismo no Brasil

A primeira sessão espírita realizada no Brasil ocorreu em Salvados, Bahia, no dia 17 de setembro de 1865. A primeira publicação se denominava “Eco do Além Túmulo”, e teve o seu lançamento em 1869.

A FEB - Federação Espírita Brasileira se deu em 1. º de janeiro de 1884. O órgão oficial do Espiritismo é a revista “O Reformador”.

VOLTA