HOME > SEITAS E HERESIAS 

                                      O nome cristão é pagão?

Por: www.cacp.org.br 

É errado usar o nome "cristão"?

Segundo, os adeptos do Nome Yehoshuah, sim. Isto porque, entendem que o nome cristão foi dado como uma zombaria aos discípulos de Yehoshuah, e como o termo deriva da palavra grega "Cristo", que segundo dizem veio do nome KRISHNA, um dos deuses do Hinduísmo, os verdadeiros Filhos de Deus nunca deveriam ser chamados de cristãos, mas de "messianitas". Seria isto verdade?

O que é significa o vocábulo cristão?

O vocábulo cristão, christianoi em grego ou christianus em latim, aparece apenas três vezes no Novo Testamento (At 11:26; 26:28 e I Pedro 4:16). A desinência ão (de cristo+ão=cristão) significa "seguidor de, adepto de". Segue a ordem de termos como herodianos (Mateus 22.16) que no grego é herodianoi, isto é seguidores de Herodes.
Os judeus costumavam chamar os cristãos pelo apelido de nazarenos o que para eles era termo depreciativo, porquanto Nazaré era uma aldeia insignificante (João 1.46). Nos escritos de Gregório, ficamos sabendo que os judeus costumavam fazer objeção a esse nome (Cristo) como designação para indicar os seguidores de Jesus, e preferiam chamá-los "galileus". Eles faziam isto porque não queriam associar Jesus com o Messias ungido, pois em grego o termo ungido significa cristo.

O argumento de que o nome cristão era uma zombaria dada pelos pagãos não procede. Bastaria apenas uma olhada rápida nestes três versículos do Novo Testamento citados acima para provar que além de não ser de origem pagã, este nome havia se tornado motivo de orgulho para toda a igreja. Vejamos:

1º exemplo - "e tendo-o achado, o levou para Antioquia. E durante um ano inteiro reuniram-se naquela igreja e instruíram muita gente; e em Antioquia os discípulos pela primeira vez foram chamados cristãos." - Atos 11.26

Comentário: Neste verso podemos saber da origem deste nome.
É interessante que Lucas não faz nenhum comentário depreciativo em cima disto. Ora, se tal nome fora dado pelos gentios para denegrir ou zombar dos discípulos do Messias, Lucas certamente teria acrescentado algum comentário em seguida do tipo: "em Antioquia os discípulos pela primeira vez foram chamados cristãos...para zombarem do nome do salvador Yehoshuah". Mas para decepção da seita do nome sagrado nada foi acrescentado. E sabe por quê? Porque Lucas certamente sabia que tal nome foi dado não como zombaria, mas para identificar aqueles discípulos com seu mestre.

Provas históricas de que os discípulos foram chamados de cristãos

Cornélio Tácito (55-117), um dos mais famosos historiadores romanos, governador da Ásia em 112 A.D.,genro de Júlio Agrícola que foi governador da Grã-Bretanha, escreveu o seguinte sobre Cristo:
"O fundador da seita foi Crestus, executado no tempo de Tibério pelo procurador Pôncio Pilatos." (Tácito, "Anais" XV,44)

Suetônio (70-160),, historiador romano, oficial da corte de Adriano, escritor dos anais da casa imperial em sua Vida de Cláudio, 25.4, conta que o Imperador "expulsou de Roma os judeus em constante agitação por causa de Chrestus". Também diz que "Nero infligiu castigo aos cristãos, um grupo de pessoas dadas a uma superstição nova e maléfica"


2º exemplo - "Disse Agripa a Paulo: Por pouco me persuades a fazer-me cristão. Respondeu Paulo: Prouvera a Deus que, ou por pouco ou por muito, não somente tu, mas também todos quantos hoje me ouvem, se tornassem tais qual eu sou, menos estas cadeias." - Atos 26.28

Comentário: Neste texto podemos entender claramente que até mesmo um rei pagão identificava o nome "cristão" com os seguidores do messias e não com um deus pagão. E não é só isso, Agripa afirma que Paulo queria transforma-lo em cristão. E Paulo responde "Prouvera a Deus que, ou por pouco ou por muito, não somente tu, mas também todos quantos hoje me ouvem, se tornassem tais qual eu sou". E como Paulo era? Simples, um seguidor de Cristo, um cristão. E ele mesmo diz que queriam que todos fossem como ele, um seguidor de Cristo, um cristão.

3º exemplo - "mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus neste nome." - I Pedro 4.16

Comentário: Este verso quase que dispensa comentários, tamanha é a clareza do texto. Pedro diz duas coisas a respeito do nome "cristão":
Primeiro, era um nome do qual não deviam se envergonhar.
Segundo, era um nome que glorificava a Deus. Duas coisas que os adeptos do Nome Yehoshuah não podem fazer, pois incessantemente blasfemam deste nome maravilhoso. Com certeza eles não são cristãos!

O nome Cristo veio de Krishna ?

Foneticamente os dois nomes são parecidos, mas etmologicamente não. Suas origens são completamente diferentes. É a mesma coisa que dizer que o nome Yeshua deriva de Exu, um falso deus africano.
A própria Bíblia nos diz o significa do nome-título Cristo:

"Ele achou primeiro a seu irmão Simão, e disse-lhe: Havemos achado o Messias que, traduzido, quer dizer Cristo" - João 1.41

Portanto, o Cristo grego é o mesmo Messias judaico e ambos significam "ungido".

Por outro lado, Krishna vem do sânscrito uma língua indiana. Na literatura hindu, chamada Bhagavad-Gita, Krishna é a encarnação do deus Brahama. Deixemos que os próprios Hare Krishna dêem o significado deste nome: "Na Bíblia Ele é chamado de Jeová ("O Poderoso"), no Alcorão por Alá ("O Grande") e no Bhagavad-gita por Krishna, um nome em sânscrito, que quer dizer "O Todo atrativo"." (http://www.gopala.com/paramgati/ )

O que a seita dos Hare Krishna dizem sobre a palavra Cristo?

"A palavra Cristo ou "Christos" é a tradução grega do Hebraico "Messias" que quer dizer "o consagrado ou o ungido".
(http://www.harekrishna.com.br/)

Como todos podem ver, são os próprios Hare Krishna que desmentem os adeptos do Nome Yehoshuah, porquanto há um enorme abismo entre o falso deus Krishna dos hindus e o verdadeiro Deus e a vida eterna dos cristãos - Cristo.
Para finalizar podemos dizer que os seguidores do Messias eram conhecidos por vários nomes tais como: galileus, nazarenos (At.24.5) e cristãos, mas nunca jamais por messianitas.


VOLTA