HOME > TEÍSMO/ATEÍSMO 

Ateísmo

      A palavra 'ateísmo' vem da negativa 'a' que significa 'não' e 'theos' que significa 'deus'. Por isso, o ateísmo em sua base original significa 'nenhum deus'.  Basicamente, o ateísmo é a falta de crença em um deus e/ou a crença de que não há deus. Um ateu também é alguém que nega todos os sistemas da crença religiosa. Por contraste, o teísmo é a crença que há um Deus e que Ele é conhecível. É preciso mencionar que a maioria dos ateus não se considera anti-teísta. A maioria se considera não-teísta.
     Tenho encontrado muitos ateus que afirmam que o ateísmo não é um sistema de crenças como muitos dizem. Já que não há organização atéia oficial, é difícil usar essa definição para ele. A seguir algumas definições oferecidas  por ateus.

  • "Um ateu é alguém que crê e/ou sabe que não há deus."
  • "A um ateu falta a crença em um deus."
  • "Um ateu não exerce fé no absoluto e no conceito de deus."
  • "Um ateu é alguém que é livre-pensador, livre da religião e suas idéias."
     Por estas definições, o ateísmo nega a Deus.
     Essas são duas categorias de ateus: fortes e fracos, com variações. Um forte ateu crê ativamente e mostra que não existe deus. Eles colocam o Deus cristão junto com qualquer outro deus. Os ateus fortes são normalmente mais agressivos em suas conversações com teístas e exigem retorno de provas da fé teísta. Gostam de usar lógica e evidências anti-bíblicas para denunciar a exitência de Deus.
     Os ateus agnósticos, como eu os chamo, são aqueles que negam a existência de Deus baseados em um exame de evidência. Agnosticismo significa 'não saber' ou 'nenhum conhecimento'. Eu os chamo de agnósticos porque eles declaram que tem procurado evidência para a existência de Deus e tem concluído que não há Deus. Mas, o interessante com eles é que eles dizem que estão abertos a toda a evidência para a existência de Deus.
     Os ateus fracos simplesmente não tem fé em Deus. O ateu fraco poderia explicar-se melhor como uma pessoa que falta a crença em Deus como uma pessoa poderia deixar de acreditar que há um lagarto numa cadeira de balanço na lua; o assunto realmente não é um problema e eles simplesmente não crêem nisso. 
     Finalmente, há um grupo de ateus que eu chamo de ateus militantes. Felizmente, eles são poucos. Eles normalmente insultam em seus comentários os teístas, principalmente os cristãos. Eu encontrei um deles e eles são vis, rudes e intolerantes. Seus comentários estão cheios de insultos, profanidades e blasfêmias. Por isso, é difícil ter uma conversa significativa com eles.

     Dois principais tipos de argumentos dos ateus

     Os argumentos ateus entram em duas categorias. Primeiro, eles dão razões porque Deus não existe. Segundo, eles tentam negar as provas usadas pelos teístas para demonstrar que Deus existe. Aos ateus que simplesmente falta a crença e não tem intenção de participar em debates, nenhuma categoria se aplica a eles porque não querem discutir.
     Uma argumento típico proposto por um ateu para mostrar que Deus não existe é o seguinte: supõe-se que Deus é bom e Todo-Poderoso. O mal e sofrimetno existem no mundo. Se Deus é bom Ele não gostaria que o mal e o sofrimento existissem. Se Ele é Todo-Poderoso então é capaz de acabar com o mal e sofrimento. Já que o mal e sofrimento existem, Deus não é bom (que significa que Ele não é perfeito e não é Deus), ou Ele não é Todo-Poderoso (limitado em habilidade e alcance). Já que tudo mostra que Ele não é bom e poderoso, Ele não existe. 

     Alguns artigos básicos do ateísmo
 
    As presuposições são importantes a nós. Nós vemos o mundo através delas. Os ateus tem uma lista de presuposições, também. Ainda que não há nehuma organização atéia que define os absolutos do ateísmo, há princípiso básicos como se segue:
  1. Não há Deus ou diabo. 
  2. Não há reino espiritual, nem vida após a morte. 
  3. Os milagres não podem ocorrer. 
  4. Não há tal coisa como o pecado. 
  1. O Universo é materialista e mensurável. 
  2. O homem é material. 
  3. A evolução é um fato científico. 
  4. A ética e moral são relativas 

      Para o cristão, o ateísmo vem de encontro a nossa fé. Alguns ateus atacam a cristandade abertametne com críticas de contradições na Bíblia, as dificuldades filosoficas percebidas com relação a existência de Deus. Mas as críticas dos ateus não estão sem respostas. Espero que esta informação forneça respostas a algumas de suas questões e dêem razões para crer em Deus. 

 



Matthew J. Slick
Tradução de Emerson de Oliveira

VOLTA