Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check

 

      HOME > TEÍSMO/ATEÍSMO 

Ataques dos ateus acerca do teísmo

Matthew J. Slick
Tradução: Emerson de Oliveira


Alguns poderiam pensar que os ateus estariam satisfeitos com simplesmente não crer em Deus e deixar os teístas em sua crença. Depois de tudo, se Deus não existe qual é o grande assunto? Por que não deixar os teístas acreditando em Deus como uma criança acredita numa fada? Ao ateu Ele não existe. Por que se preocuapr? 

     Ainda que muitos ateus não se preocupam se as pessoas crêem em Deus ou não, outros se sentem obrigados a lutar contra o que eles chamam de "opressivo fanatismo religioso". Com este fim, muitos deles são ativos na política, grupos sociais, Internet e  vários pleitos com intenção de mudar a sociedade para mais ateísta. Eles consideram os cristãos como uma ameaça a sociedade, senso comum e boa vida. Veja esta citação que eu encontrei no site ateu atheists.org. 

"Nós constantemente estamos sendo infestados por pessoas que tentam conseguir um bilhete para o Céu às nossas custas e se nós não nos pormos de pé e somos contados perderemos a mesma liberdade que nós mais estimamos; a liberdade de pensamento..."
     Este tipo de declaração é bastante comum nos círculos ateus. Muitos ateus tem me dito que eu não posso pensar logicamente, que estou enganado e que eu creio em mitos. Ele me dizem que eu sou limitado por tolas crenças antiquadas e preciso abandonar meu fanatismo religioso e tornar-me um 'livre-pensador' como eles. 
     Adicionalmente, depois de ler muito material ateu e debater com eles na Internet, eu descobri que eles freqüentemente escarnecem da Bíblia, dos líderes religiosos e a Bíblia como arma. Este não é o caso com todos os ateus, como os com quem eu conversei muito bem, mas atitudes ridículas e ofensivas são comuns por parte deles. Má interpretação, meias-verdades e citações da Bíblia fora de contexto são algumas das ferramentas típicas usadas por muitos deles no esforço de fazer o cristianismo ser visto com maus olhos.
     Agora, eu não pretendo desmantelar a posição atéia com uma genérica má interpretação. Eu só estou fazendo uma observação. Na maioria dos meus tratos com ateus, tenho encontrado muita arrogância, rudeza e condescendência. Os ateus tem me dito que a religião é só um grande sistema para pegar dinheiro das pessoas, que os clérigos estão envolvidos e que eu estava mentalmente doente por crer em Deus. A seguir outros comentários ateus:
  •  "Eu não quero me ligar com mitologias arcaicas. Este é o século XX."
  •   "A cristandade é um sistema opressivo usado para controlar e manipular as pessoas."
  •   "A lógica provou que a religião estava errada."
  •   "Os cristãos deveriam ter cuidados mentais."
  •   "Nós somos livres pensadores e não nos limitamos por mitos antiquados e opressivos."
  •   "Os cristãos são ovelhas sicofânticas."
      Ateus afirmam freqüentemente que a razão é melhor usada por eles e não por cristãos que, como muitos dizem, precisam de ajuda psicológica por acreditar em Deus.  Esta atitude condescendente é um fonte para comentários derrogatórios. Já fui chamado de tolo, ridículo, ilógico e escravo de minha religião. Eu tenho a impressão que os ateus convencem a si mesmos que estão com a verdade e que nenhuma outra opção está disponível e que se você não está de acordo com eles, não é inteligente. Claro, eles negarão isso e dirão que estou sendo ridículo, mas isso é o que eu tenho observado - certo ou errado. 
     Veja alguns dos termos com que eles se descrevem: "livres-pensadores", "livres da religião", "Racionalistas", etc. Eles usam estes termos auto-descritivos em justaposição às declarações aos  cristãos como fanáticos, perdedores e tolos. No site atheist.org eu li,
"O pensamento crítico, objetividade, metologia científica e revisão são marcas do ateísmo. A submissão, medo, credulidade e afirmações absurdas são marcas da crença religiosa."
     Quando leio declarações assim eu penso a que religião eles estão se referindo. Não pode ser o cristianismo porque a Bíblia nos ensina a amar a Deus e nosso próximo. Ela ensina que o temor ao Senhor é sabedoria, que a veracidade é um estilo de vida e que os relatos das testemunhas oculares são uma evidência para sua validez. Claro, o ateu se defenderia de tudo isto porque ele deve. Mas, todavia, se um ateu quer atacar a religião em geral e o cristianismo especificamente, deve, pelo menos ser mais objetivo. Mas isto não parece ser a marca do movimento ateu; pelo menos não o que eu vi até agora.
     Veja as seguintes declarações atéias.
"Teísmo  é consistente com crime, crueldade, inveja, ódio, malícia e falta de amor."

"Ao servirem propósitos religiosos, a ética, lógica e razão são abandonadas."

     Estas declarações soam como tolerantes, imparciais e justas? Não. Me parece que se os ateus estivessem no poder, sua visão da religião seria má, cruel e irracional, prenderiam os 'ofensores' e decretariam o fim de toda religião. Não maravilha que eles estão agindo contra o Senhor e seus servos.
     O ateísmo realmente prega a liberdade? Não. Ensina a escravidão para seus adeptos e para aqueles que se afiliarem com eles.

 

VOLTA